O Natal na Espanha

O Natal na Espanha

La Navidad é uma festa tradicionalmente familiar. Os principais enfeites com que os espanhóis preparam seus lares para a chegada do Natal são o presépio e a árvore de natal com grinaldas, estrelas de Belém, luzes, bolas coloridas e pinhas.

O 24 de dezembro é chamado de “Nochebuena”. Famílias inteiras reúnem-se para a ceia natalina. A comida típica é o peru recheado, brinda-se com champanhe ou “cava”, o espumante da Catalunha, e comem-se doces típicos do Natal como por exemplo: roscas de vinho, amanteigados, “polvorones”, “alfajores”, folhados, maçapães, “peladillas” (amêndoa coberta com um banho de açúcar) e os famosos “turrones”. O “turrón” é um doce gostoso feito de uma mistura de mel e amêndoas. Após a ceia, cantam-se os “villancicos” (canções natalinas) acompanhados de instrumentos como o pandeiro e a zabumba. À meia-noite, é celebrada a Missa do galo nas igrejas para comemorar o nascimento de Jesus.

Na Espanha a celebridade do Natal não é o Papai Noel, mas os Reis Magos: Melquior, Gaspar e Baltazar e os presentes são repartidos no dia 6 de janeiro. Segundo a tradição, os Reis Magos, montados em seus camelos, seguiram uma estrela para conhecer o menino Jesus e oferecer-lhe três presentes: ouro, incenso e mirra.
Quando chega dezembro, as crianças espanholas começam a escrever cartas aos reis magos para pedir os presentes que gostariam de receber na manhã do dia 6 de janeiro. Reza a tradição que as crianças que se comportaram bem, recebem presentes, do contrário, recebem pedaços de carvão (normalmente de chocolate).

Na noite do dia 5 de janeiro ocorre a Cavalgada dos Reis que enche as ruas de alegria. Os Reis desfilam montados em cavalos, camelos ou sobre elaborados carros alegóricos e jogam pequenos presentes e doces para as crianças que ficam alinhadas nas ruas para saudar suas majestades. Nessa noite come-se o desejado “roscón de reyes”, uma rosca com frutas secas que pode ser recheada com nata e que contém um bonequinho escondido que simboliza o menino Jesus. Diz-se que o bonequinho dá sorte àquele que o encontra e também há o costume de que a pessoa que o encontra é responsável por pagar a guloseima.

Depois de comer o “roscón”, as crianças põem seus sapatos na porta antes de ir dormir para que os Reis saibam quantas crianças moram na casa. Além disso, elas colocam comida e bebida para os Reis e os camelos. Na manhã seguinte, as crianças encontrarão seus tão desejados presentes e os pratos e copos vazios.

Precisa de uma tradução de espanhol?

empresa de tradução Infinity oferece traduções com excelente qualidade feitas por tradutores nativos em InglêsItaliano e Espanhol ou por tradutores brasileiros com experiência e conhecimento comprovado e excelente conhecimento de Português. Se você deseja uma tradução que pareça ter sido originalmente escrita na língua alvo, contrate os nossos serviços da Infinity Tradução!

 

Peça um orçamento grátis agora!

Share

Federico Morato
Federico Morato

Engenheiro industrial e consultor de negócios apaixonado por empreendedorismo, idiomas e Brasil. Após dois anos no Brasil, cria a Infinity Tradução para ajudar as empresas brasileiras em expandir seus negócios no exterior. Nordestino de coração, fala fluentemente quatro idiomas e ama os ritmos axé e forró.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *